Tablets

Não sabe quais são os melhores tablets do mercado? Veja a nossa seleção e acerte na compra!


Há alguns anos, quando os tablets surgiram, muitos acreditavam que “a moda não ia pegar”. Mas hoje, eles se tornaram sinônimo de praticidade e é o aparelho preferido na hora de usar em viagens, reuniões, para assistir filmes e séries, entre várias outras funções. Por isso, também, muitos se questionam sobre quais são os melhores tablets – de modo a fazer uma compra acertada.

Com a popularização desse aparelho, novas marcas e modelos apareceram no mercado, incluindo o tablet com Android, que tornou esse item ainda mais acessível.

Para escolher entre os melhores tablets, a dica é sempre considerar o uso que você fará do aparelho, considerando, assim, o tamanho de tela mais indicado, as entradas disponíveis, modelos com chip, funcionalidades extras, entre outros detalhes que fazem toda a diferença.

Não sabe quais são os melhores tablets para comprar em 2020? Confira a seleção imperdível que montamos!

Quais os melhores tablets do mercado?

Não sabe quais os melhores tablets comprar em 2020? Veja a seleção com as vantagens e desvantagens de cada modelo.

1. iPad Pro 11

Os melhores tablets do mercado são considerados o da Apple, e a versão Pro 11 é, sem dúvida, um dos tops disponíveis. Mas, para ter toda essa potência, você também precisa estar disposto a desembolsar um valor alto, já que ele está custando mais de R$ 6 mil.

Em comparação com as versões passadas, o iPad Pro 11 contou com melhorias significativas no design – e o seu desempenho é bem semelhante a vários notebooks disponíveis no mercado.

Outro ponto positivo é o sistema operacional, iPadOS, uma plataforma capaz de aproximar iPads e notebooks, ampliando as possibilidades de uso e as funcionalidades. Além disso, o tablet tem compatibilidade com o Apple Pencil de 2ª geração. Existem modelos apenas com Wi-Fi e outros que operam com entrada para chip, permitindo o uso do 4G.

Se a ideia é comprar um tablet que durará muitos anos e que consiga rodar softwares mais robustos, além de aplicativos de última geração, com certeza o iPad Pro 11 é uma excelente indicação.

Vantagens: design atraente, excelente desempenho, presença do Apple Pencil, bem útil em várias atividades, alta duração da bateria, tela de qualidade altíssima e áudio com excelente qualidade.

Desvantagens: opção bem mais cara que a maioria disponível no mercado.

Ficha técnica: sistema operacional: iOS 12 / tamanho: 11 polegadas / memória RAM: 4GB / peso: 468 gramas / câmera frontal: 7MP / câmera traseira: 12 MP/ bateria: 7812 mAh (duração: 10 horas com Wi-Fi e até 9 horas no 4G) / processador: A12X Bionic / resolução: 2388 x 1668 / armazenamento: 64 GB, 256 GB, 512 GB ou 1 TB.

2. Samsung Galaxy Tab S4

Na hora de escolher entre os melhores tablets, a Samsung também aparece como uma opção interessante – com vários modelos com bom desempenho e que rodam no Android.

O Samsung Galaxy Tab S4 é o sucessor do Tab S3, sendo que o novo modelo contam também com novos atrativos, como uma bateria com maior duração, a resolução melhor da tela (que está maior e com bordas reduzidas), o aumento na velocidade do processador, entre outros.

Outro ponto positivo é os sistema operacional, Android 8.1 Oreo. A bateria de 7300mAh oferece uma excelente autonomia, sendo um ponto extra para quem deseja usar o tablet para programas mais pesados ou para jogar, por exemplo.

Vantagens: autonomia da bateria, ótimo desempenho (mesmo com programas mais pesados), grande espaço de armazenamento, tela de qualidade e caneta inclusa.

Desvantagens: dificuldade de funcionamento do reconhecimento facial apontada por alguns usuários e o preço mais elevado (valor superior aos R$ 4 mil).

Ficha técnica: sistema operacional: Android 8.1 / tamanho: 10,5 polegadas / memória RAM: 4GB / peso: 483 gramas / câmera frontal: 8MP / câmera traseira: 13 MP/ bateria: 7300 mAh / processador: Qualcomm Snapdragon 835 / resolução: 2560 x 1600 / armazenamento: 64 GB.

3. Samsung Galaxy Tab S6

Você gosta dos tablets da Samsung e quer uma versão ainda mais atualizada? O Tab S6 é uma excelente escolha. Seu desempenho é tão bom que ele pode funcionar, até mesmo, como um computador portátil para uso profissional.

Algumas atualizações que tornaram o Tab S6 ainda mais potente foram: o processador octa-core, com um uso fluido mesmo para tarefas exigentes, a tela super AMOLED com ótimo brilho, cores intensas e excelente eficiência energética e a compatibilidade com a S Pen – nessa nova atualização ela funciona via controle remoto Bluetooth e controla as funções por gestos.

Vantagens: é um tablet ainda mais potente que as versões anteriores, a S Pen está mais “inteligente”, bom desempenho mesmo com tarefas exigentes e mais economia de energia.

Desvantagens: o preço continua alto, em média mais de R$ 4 mil.

Ficha técnica: sistema operacional: Android 9 Pie / tamanho: 10,5 polegadas / memória RAM: 6GB / peso: 420 gramas / câmera frontal: 8MP / câmera traseira: dupla de 13 MP + 5 MP/ bateria: 7040 mAh / processador: octa-core de até 2,8 GHz / resolução: 2560 x 1600 / armazenamento: 128 GB (expansível até 1 TB via microSD).

4. iPad Air 3ª Geração

Entre os melhores tablets, os vários modelos do iPad sempre fazem sucesso. Mas é difícil conseguir desembolsar o valor necessário para comprar um modelo da Apple. Essa é uma opção interessante para quem não precisa de um desempenho tão alto, mas precisa de um aparelho móvel, prático e veloz.

O iPad Air de terceira geração é um pouco mais barato do que a versão Pro e tem vários pontos positivos como a compatibilidade com o Apple Pencil da primeira geração e com o Smart Keyboard e a alta performance garantida pelo processador Apple A12 Bionic (o mesmo usado no Iphone XS).

Vantagens: é mais “barato” que a versão pró, a tela, com 10,5 polegadas, é maior do que a versão anterior do iPad Air (de 2017) e conta com o modo true-tone que ajusta a temperatura de cor ao ambiente.

Desvantagens: o preço continua mais salgado do que algumas versões em Android (os modelos mais simples custam em torno de R$ 4 mil) e alguns usuários dizem que não houve tantas alterações em relação ao iPad Air anterior e nem em relação ao iPad Mini. Se você deseja um uso mais profissional, essa não é uma boa escolha, já que o sistema operacional tem algumas limitações e também não há entrada USB-C.

Ficha técnica: sistema operacional: iOS 12 / tamanho: 10,5 polegadas / peso: 456 gramas (modelo Wi-Fi) e 464 gramas (Wi-Fi + Celular) / câmera frontal: 7MP / câmera traseira: 8 MP/ bateria: 8134 mAh (até 10 horas no Wi-Fi) / processador: Apple A12 Bionic hexa-core de 2,5 GB / resolução: 2224 x 1668 / armazenamento: 64 GB ou 256 GB.

4. Microsoft Surface Pro 6

Está procurando pelos melhores tablets capazes de substituir o seu computador? O Microsoft Surface Pro é indicado para usos mais robustos, já que consegue competir com os melhores notebooks do mercado.

Como ele utiliza o Windows, também é uma versão bem bacana para as atividades do trabalho, já que é compatível com a maioria dos softwares usados em várias áreas.

Mais portátil que o notebook padrão, esse tablet conta com uma série de vantagens como placa de vídeo dedicada, Windows 10, Intel Core i5 de oitava geração ou i7 também de oitava geração e muitos outros atrativos, como o fato de já acompanhar a capa, que se transforma em um teclado quando o tablet é posicionado em uma mesa.

A tela de 12.3 polegadas é um pouco maior que os que citamos acima, contudo a resolução de 2736 x 1824 pode deixar um pouquinho a desejar para alguns usuários.

Vantagens: desempenho acima da média, ótima qualidade construtiva, é compatível com a maioria dos softwares, bateria de ótima duração e consegue, facilmente, substituir um notebook, sendo ideal para usos robustos e para o trabalho.

Desvantagem: o principal ponto negativo é o preço extremamente elevado, custando mais de R$ 10 mil e a ausência de USB-C.

Ficha técnica: sistema operacional: Windows 10 Home / tamanho: 12,3 polegadas / peso: 770 gramas / câmera frontal: 8MP / câmera traseira: 5 MP/ bateria: 5940 mAh / processador: Intel Core i5 de oitava geração / resolução: 2736 x 1824 / memória RAM: 8 GB/ armazenamento: 128 GB.

5. Galaxy Tab S5e

Está nessa lista de melhores tablets porque precisa de um equipamento intermediário, com preço não muito alto, e que permita um uso moderado? O Galaxy Tab S5e é uma boa escolha, com valores em torno dos R$ 2 mil.

Esse tablet é bastante leve, equipado com o sistema Family Share (permite conexão e compartilhamento de lembretes, fotos e eventos entre os membros da família), oferece uma boa autonomia de bateria (duração de até 15 horas), consegue sincronizar com o celular, conta com Bixby (reproduz músicas e controla os eletrodomésticos de casa) e capacidade de som tridimensional.

Vantagens: é o tablet mais fino da nossa lista e também o mais leve (5,5 mm de espessura e 400 gramas de peso), possui uma bateria com alta duração, processador Snapdragon 670 octa-core, dispõe de One UI (que organiza os aplicativos por ordem de relevância e uso), permite sincronização com os celulares Samsung Galaxy e possui suporte ao Samsung Dex (pode usar o tablet com mouse e teclado). Além disso, ainda conta com reconhecimento facial 2D e alto-falante com som sorround Dolby Atmos.

Desvantagens: não é tão robusto como alguns modelos que citamos, sendo indicado para usos mais leves, como responder e-mails, navegar na internet e assistir filmes e séries.

Ficha técnica: sistema operacional: Android 9 Pie com interface One UI / tamanho: 10,5 polegadas / peso: 400 gramas / câmera frontal: 8MP / câmera traseira: 13 MP/ bateria: 7040 mAh / processador: Qualcomm Snapdragon 670 / resolução: 2560 x 1600 / memória RAM: 4 GB ou 6 GB / armazenamento:64 GB ou 128 GB (expansível via microSD de até 512 GB).

6. iPad Mini 5

Essa é uma alternativa para quem quer ter um iPad mas não deseja ter que desembolsar um valor muito alto. Além disso, por ser menor, ele é mais fácil de carregar.

Apesar de pequeno, esse iPad tem muitas funcionalidades excelentes, com destaque para o processador A12 Bionic com Neural Engine – que consegue rodar aplicativos mais pesados sem travar, além da presença do sistema True Tone (modifica o contraste conforme o ambiente) e ótima resolução da tela Retina de 7,9 polegadas, além de ser compatível com o Apple Pencil de primeira geração.

Vantagens: é um iPad com preço mais acessível (em torno de R$ 2500), pequeno, leve e fácil de carregar, a tela tem uma excelente resolução e o processador consegue executar tarefas mais complicadas sem problemas.

Desvantagens: não é compatível com teclado.

Ficha técnica: sistema operacional: iPadOS / tamanho: 7,9 polegadas / peso: 300 gramas / câmera frontal: 7 MP / câmera traseira: 8 MP/ bateria: até 10 horas no Wi-Fi e até 9 horas no 4G / processador: Apple A12 Bionic / resolução: 2048 x 1536 / armazenamento:64 GB ou 256 GB.

7. Galaxy Tab A (2019)

Entre os tablets intermediários da Samsung, o Galaxy Tab A foi atualizado em 2019 e é uma boa indicação para quem busca uma tela grande (ele conta com 10,1 polegadas) e um poder de processamento intermediário, para assistir filmes e séries, navegar na internet e acessar as redes sociais.

Seu valor é outro ponto atrativo, sendo possível encontrá-lo na faixa dos R$ 1100. Apesar de não ter uma tela AMOLED, a qualidade de imagem desse tablet não deixa a desejar, com cores bem vivas, e uma saturação adequada, podendo ser usado sem problemas até mesmo ao ar livre.

Outro ponto interessante é a presença do USB Type-C, com USB 2.0 e porta P2 para fones de ouvido (um dos poucos no mercado que ainda contam com essa opção de conexões tradicionais para áudio). O conector POGO também é um atrativo, permitindo o uso de capas-teclado compatíveis.

Assim como a versão superior, esse modelo é equipado com 4 alto-falantes AKG, com um desempenho sonoro acima da média para a categoria. Ele ainda dispõe de modo infantil completo e fácil de configurar.

Vantagens: valor acessível, boa performance dentro da sua categoria, consegue reproduzir áudios com qualidade, tela de boa qualidade e teclado POGO para trabalhos mais simples.

Desvantagens: não é um tablet tão potente e alguns usuários reclamam que o reconhecimento facial não funciona adequadamente.

Ficha técnica: sistema operacional: Android 9 Pie (na versão de 2019) / tamanho: 10,1 polegadas/ câmera frontal: 5 MP / câmera traseira: 8 MP/ bateria: 7300 mAh / processador: octa-core de 1,8 GHz / resolução1920 x 1200 / armazenamento: 32 GB (expansível via microSD de até 400 GB).

Para usos mais simples, ainda destacamos o Galaxy Tab E (com valores de até R$ 700), um modelo básico para estudar e fazer pesquisas na internet, o Xiaomi Mi Pad 4 e o Multilaser Kid Pad, um tablet infantil bem baratinho (em torno de R$280) para garantir o entretenimento das crianças.

Como escolher o melhor tablet para mim?

Mesmo com a seleção de melhores tablets ainda está difícil escolher o ideal para você? Nossa dica é considerar:

  • o sistema operacional: no caso do Android, optar por versões mais recentes, porém o iOS (Apple) costuma ser superior;
  • aplicativos: entenda quais apps são fundamentais para você e descubra se há compatibilidade do tablet com eles, como editores de vídeo, de textos, jogos, entre outros;
  • acessórios: se você vai usar o tablet para trabalhar, confira se há compatibilidade com teclado externo e as canetas (Apple Pencil e S Pen);
  • hardware: confira como é a construção do tablet, como qualidade do touch, display, entradas disponíveis etc.;
  • processador: dependendo do uso que você fará do tablet, é essencial que ele tenha um processador veloz e eficiente, com memória RAM acima de 4GB (para Android, nos da Apple não há necessidade de uma memória RAM tão alta).

Neste conteúdo, você viu quais são os melhores tablets para comprar em 2020, mas é claro que tudo dependerá dos usos que você fará do equipamento. Nem sempre o mais caro é o ideal para a sua rotina.

Agora ficou mais fácil saber qual tablet comprar? Ajude os seus amigos: compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *