Empresa

Como escolher uma cadeira de escritório confortável? Descubra!

Ter uma cadeira de escritório confortável é essencial, tanto na empresa quanto em home office. Isso porque passar horas para executar o trabalho diariamente pode ser muito prejudicial à saúde. Além de problemas na coluna por posturas inadequadas, a circulação sanguínea tende a ser afetada, trazendo diversos riscos ao desenvolvimento de problemas circulatórios.

Por isso, na hora de escolher a cadeira para a sua mesa de trabalho, é importante considerar diferentes aspectos e especificações. São fatores relacionados, principalmente, à ergonomia que o produto oferece, proporcionando conforto e ajudando na produtividade.

Neste artigo, vamos explicar quais fatores devem ser considerados na escolha da cadeira e quais especificações você deve observar. Confira!

Quais aspectos considerar para escolher a cadeira de escritório?

Antes de pensar em um modelo específico, é importante conferir alguns aspectos essenciais, como perfil de usuário, ambiente em que será utilizada e preferências estéticas, conforme comentamos a seguir.

Perfil de usuário

Aqui, a pergunta deve ser: que tipo de profissional vai utilizar a cadeira? Há diversos modelos para atender a diferentes necessidades, tanto no quesito operacional quanto em relação ao nível do cargo que ocupa, como:

  • atendentes;
  • diretores;
  • gerentes;
  • interlocutores;
  • postos operacionais;
  • presidentes;
  • telemarketing.

Ambiente

Embora não pareça muito importante, o tipo de piso do ambiente é que vai determinar o rodízio que você deverá preferir. Isso porque eles precisam ser compatíveis.

Os que apresentam banda de rolagem em poliuretano (PU) são adequados para pisos frios, em madeira ou cerâmicos, por serem mais silenciosos e evitarem riscos. Já os ambientes com carpete ou tapete exigem o nylon para permitir que a cadeira deslize melhor.

Preferências estéticas

O design também é um fator a ser avaliado. Há diversos modelos para atender às mais variadas preferências. Assim, as cadeiras podem ser das mais simples às estilosas, em diferentes formatos, como arredondadas ou retilíneas.

Dependendo da marca e do modelo, elas também podem ser encontradas com opções de cores, para combinar com a decoração do ambiente em que serão utilizadas.

Quais especificações devem ter uma cadeira de escritório confortável?

Para que uma cadeira de escritório seja considerada confortável, é preciso que o produto atenda a algumas especificações básicas de ergonomia, como estabilidade, proporção e desempenho. É importante questionar esses fatores, pois, quando experimentamos o produto em uma loja, não conseguimos ter a percepção de uso prolongado.

Nesse sentido, o ideal é encontrar uma cadeira que atenda ao seu biótipo e que seja adequada ao ambiente onde será utilizada. Veja as principais especificações que você deve priorizar!

Assento

O assento deve conseguir distribuir bem o seu peso para que não cause pressões em determinados músculos e nervos, levando a dores no corpo. Para isso, ele não deve ser nem macio nem duro demais.

Encosto

Um dos aspectos mais importantes a ser observado é a postura do tronco que o encosto permite adotar. A sua coluna deve ter maior sustentação do peso enquanto estiver na posição sentada.

As cadeiras com encostos altos, que envolvem desde a região lombar até a altura da cabeça, ou que tenham apoio para essa região, são as melhores. Mesmo assim, é importante verificar a adequação ao biótipo.

mulher recostada em

Braços

Os braços da cadeira devem permitir regulagem de altura para um melhor posicionamento dos membros e evitar dores nos ombros e pescoço. A posição correta é quando os cotovelos ficam apoiados e as mãos ao nível do teclado, em ângulo aproximado de 180º do apoio.

Rodízios

Os rodízios evitam que os pés da cadeira arrastem no chão e causem danos ao piso e aos pés do produto. Há diferentes tipos, sendo interessante conhecer os principais para saber escolher o mais adequado.

O tipo H tem rodas rígidas que não absorvem tanto o impacto, indicado para pisos com tapete ou carpete. Ele é mais barato e os modelos em nylon ou polietileno são os mais vendidos no mercado. A desvantagem desse rodízio é que ele não apresenta sistema antirruído, nem antirrisco.

Já o rodízio W contém rodas revestidas de material resistente, com rolamento macio, recomendado para pisos revestidos com pedra, madeira ou cerâmica. Em geral, é produzido em poliuretano, gel ou silicone. Seu ponto negativo é o desgaste excessivo quando usado em superfícies ásperas.

Molas

Algumas cadeiras contam com mecanismos que permitem ajustes e adicionam movimentos, para que você se alongue sem a necessidade de se levantar. Veja alguns dos principais:

  • A-syncron — movimento de inclinação que independe do assento e do encosto;
  • Back System ou SER — mecanismo que permite a inclinação do encosto (12 posições) e regulagem de altura do assento;
  • e-Relax — movimento de inclinação ou reclinação da cadeira;
  • L Sanfonado — item que faz a ligação entre o encosto e o assento com revestimento sanfonado, podendo ser fixo ou com leve inclinação do encosto;
  • pneumáticos — a gás;
  • Syncron — movimento sincronizado do assento e encosto.

Quanto mais componentes a cadeira oferecer, maior será o grau de conforto ao se sentar.

Altura

A altura do assento é a especificação mais importante a ser observada na ergonomia. A regulagem correta deve permitir que os seus joelhos formem um ângulo de 90 graus. Os pés devem tocar completamente o chão e os seus olhos se posicionarem de frente para o monitor, sem necessidade de olhar para cima, quando utilizar a câmera, ou para baixo, quando olhar para a parte inferior da tela.

Para fazer essa regulagem de maneira adequada, a cadeira precisa contar com alguns mecanismos. Prefira as que têm reguladores por sistema de pistão, já que, assim, é mais fácil de adequar a sua altura em relação à mesa e ao computador ou notebook.

Em alguns casos, para conseguir uma postura ideal, é necessário utilizar um apoio para os pés, a fim de evitar interferências na circulação sanguínea das pernas.

Garantias e certificações

As melhores cadeiras de escritório oferecem, no mínimo, 5 anos de garantia, além de certificações de ergonomia. Assim, para não haver dúvidas na escolha de uma cadeira de escritório ergonômica, é preciso verificar se ela tem todos os selos e certificados exigidos por normas nacionais e internacionais.

Um exemplo disso são as regulamentações do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Algumas das principais são:

  • NR17 — norma regulamentadora do Ministério do Trabalho que estabelece a ergonomia no ambiente de trabalho;
  • NBR 13962 — norma nacional que testa a resistência, a mobilidade e verifica se o produto permite ajustes para uma boa postura do usuário;
  • ISO 21015 — norma internacional sobre metodologia de teste para definir estabilidade, força e durabilidade das cadeiras de escritório.

Para escolher uma cadeira de escritório confortável é preciso analisar aspectos que envolvem preferências pessoais e especificações de qualidade e ergonomia. Como vimos, elas são fundamentais para manter uma postura adequada enquanto você trabalha e garantir uma boa produtividade.

Gostou deste artigo? Que tal saber mais sobre cadeiras confortáveis? Leia agora outras dicas sobre modelos de cadeira gamer barata!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *